Trazendo um breve panorama da eficiência energética no Brasil, o artigo destaca o grande potencial de eficiência do país, mas que a falta de incentivos e os baixos gastos governamentais dificultam isso. Ao longo do artigo são apresentadas as principais iniciativas governamentais, como o Procel, o PEE, A Lei de Eficiência Energética, a PNMC, o PNEf, o Rota 2030 e o PDEf. Entretanto, afirma-se que, mesmo com todas essas ferramentas, cujas iniciativas começaram há 40 anos, e apesar do avanço no debate sobre o tema no país, a agenda do setor não foi pautada por um planejamento estruturado no longo prazo. Para discutir esse panorama, são entrevistados Bruno Herbert (presidente da Abesco) e Victor Iocca (diretor de energia elétrica da Abrace). Os profissionais ressaltam a importância da maior oferta de linhas de crédito e preocupações quanto à Lei 14.120, que remaneja recursos de programas de P&D e de eficiência energética para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), ao bom funcionamento do Procel em meio à privatização da Eletrobras, e à conservação de energia na indústria. Nesse último ponto, destaca-se o Programa Aliança, que visa a redução do consumo de energia e de água por meio de ajustes nos processos de produção em indústrias pesadas.

Brasil Energia – Theo De Souza (colunista do Brasil Energia)

Link de acesso:

https://editorabrasilenergia.com.br/desafios-e-perspectivas-para-a-eficiencia-energetica-no-brasil/

 

Artigos relacionados:

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/atlas-da-eficiencia-energetica-brasil-2021/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/leis-de-eficiencia-energetica-na-america-latina-e-no-caribe/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/a-energia-na-america-latina-e-no-caribe-acesso-renovabilidade-e-eficiencia/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/eficiencia-energetica-2021/