O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 7 busca garantir o acesso à energia de forma segura, sustentável e moderna. Para isso, são fundamentais as políticas de universalização do acesso, renovabilidade da energia e a eficiência energética. Tendo isso como ponto de partida, o documento La energía en América Latina y el Caribe: acceso, renovabilidad y eficiência analisa esses três aspectos do ponto de vista estatístico. O documento é dividido em cinco seções e suas principais conclusões são: (1) apesar de importantes melhorias nas últimas décadas, alguns grupos sociais e algumas áreas ainda não têm acesso à eletricidade (o percentual da população atendida na região passou de 87%, em 2001, para 95.1%, em 2019); (2) apesar de um notável aumento na oferta de energia primária renovável que não requer combustão, a participação dos combustíveis fósseis na matriz energética da região ainda é muito alta (70%); (3) a intensidade energética diminuiu, o que implica melhorias na eficiência; e, (4) o setor de energia é responsável por 55% das emissões de gases de efeito estufa na América Latina e Caribe.

Vale destacar ainda sobre esse tema que trouxemos, em junho de 2022, um relatório da IEA sobre o desenvolvimento do ODS 7 ao redor do globo e, em abril do mesmo ano, um relatório com dados e projeções relacionados às metas do ODS 7.

CEPAL

Link de acesso:

https://repositorio.cepal.org/bitstream/handle/11362/47924/1/S2200273_es.pdf