O World Energy Transitions Outlook descreve um caminho para o mundo atingir as metas do Acordo de Paris e interromper o ritmo das mudanças climáticas, transformando o cenário energético global. Este importante relatório de 312 páginas apresenta opções para limitar o aumento da temperatura global a 1,5°C e trazer as emissões de CO2 para zero líquido até 2050. O trabalho também debate escolhas de tecnologia, necessidades de investimento, política públicas e os impactos socioeconômicos associados a um sonhado futuro energético inclusivo. Vale enfatizar também que este relatório, juntamente com o Net Zero by 2050, da IEA (documento já destacado pelo Panorama da Energia), talvez seja o principal documento em âmbito mundial quando se trata do tema da neutralidade de emissões até o meio do século. Alguns dos principais apontamentos deste estudo são: (i) mais de 90% das soluções para atingir a neutralidade de emissões em 2050 envolvem energia renovável por meio de fornecimento direto, eletrificação, eficiência energética, hidrogênio verde e bioenergia combinada com captura e armazenamento de carbono (BECCS), (ii) o investimento na transição energética terá que aumentar 30% sobre o investimento planejado para que o cenário de emissões líquidas zero se concretize, (iii) são necessários grandes ajustes nos fluxos de capital e uma reorientação dos investimentos para alinhar o setor energético com uma trajetória econômica e ambientalmente positiva, e, (iv) o setor de energia transformado terá 122 milhões de empregos em 2050, sendo que os empregos em energia renovável serão responsáveis por mais de um terço desse total.   

IRENA
Link de acesso: 

https://www.irena.org/-/media/Files/IRENA/Agency/Publication/2021/Jun/IRENA_World_Energy_Transitions_Outlook_2021.pdf