O objetivo do relatório é apresentar os cenários de entrada do hidrogênio da Bain & Company, destacando quando o hidrogênio terá um custo competitivo. Em um infográfico são apresentados dados para quatro tipos de aplicação do hidrogênio: transporte, calor e energia para edificações, calor e energia para indústria e, matéria-prima industrial. As projeções revelam que o hidrogênio pode ter um custo competitivo com substitutos de baixo carbono até 2030. O ritmo de adoção variará de um uso para outro e de acordo com a geografia porque dependerá de fatores como a disponibilidade de energia renovável e barata, necessária para produzir hidrogênio limpo, bem como a infraestrutura da cadeia de suprimentos necessária para fornecê-lo. 

Bain & Company – Aaron Denman (Partner, Chicago), Peter Meijer (Practice Director, Brussels)

Link de acesso: 

https://www.bain.com/insights/when-will-hydrogen-be-cost-competitive-snap-chart/