O artigo comenta a estratégia de empresas relacionadas à transição energética. Afirma-se que com consumidores, governos e investidores pressionando pela descarbonização, as empresas estão correndo para agir ou acelerando sua jornada. Além de ações defensivas, como preparação para os requisitos de relatórios ou antecipação das expectativas dos acionistas, os líderes estão tomando medidas proativas para criar um novo valor. Ao longo do texto são apresentadas as estratégias de algumas empresas para a transformação, destacando a Unilever, o empreendimento conjunto entre a Beyond Meat e a Pepsico, a Bosch, a Neste da Finlândia e a Ørsted da Dinamarca. Ao final, os autores expõem quatro questões que podem guiar as empresas em direção a uma abordagem estratégica, pragmática e autossustentável, onde quer que estejam em sua transição de carbono.

Bain & Company – Nitesh Prakash, Torsten Lichtenau, Jenny Davis-Peccoud, Brian Murphy, e Emmet Gaffney

Link de acesso:  

https://www.bain.com/insights/when-less-carbon-means-more-growth/