A redução das emissões no setor de aviação tem grande importância para a mitigação das mudanças climáticas. O objetivo do artigo é trazer uma análise do querosene de aviação (QAV) sintético ou alternativo, combustível apontado como um dos principais impulsionadores da transição energética no setor de aviação. Na seção introdutória, a autora destaca o QVA produzido a partir da biomassa, que foi utilizado pela Shell para o primeiro teste de voo comercial ocorrido em janeiro de 2021. O texto é dividido em quatro seções. A primeira aborda os processos tecnológicos envolvidos na produção do combustível. Na segunda, discute-se o potencial de redução das emissões de CO2, que pode chegar a uma diminuição de até 85% em comparação ao QAV fóssil. Em seguida, apresenta-se os custos do processo evidenciando a experiência do Brasil em três rotas de produção. Por fim, aborda-se o papel desse novo combustível na transição energética, evidenciando as empresas e países que estão se movimentando rumo ao uso desse tipo de combustível mais sustentável.

Brasil Energia – Ana Luisa Egues (colunista Brasil Energia).

Link de acesso: 

https://editorabrasilenergia.com.br/uma-viagem-rumo-a-um-futuro-mais-verde/