O gás natural há anos tem sido apontado como um combustível crucial para a transição energética, sobretudo no que se refere às economias mais dependentes do carvão. Frente a essa crença, e dadas as dificuldades de se acelerar ainda mais a expansão das renováveis, não custa lembrar que a própria União Europeia recentemente passou a caracterizar o gás natural como investimento verde. É nesse contexto, portanto, que essa nova análise do TransitionZero se reveste de grande importância. De fato, a publicação em tela examina criticamente a tese exposta acima apoiando-se em estimativas de índices de preços de carbono e cenários bastante consistentes. Segundo o estudo, seria mais econômico fazer a transição do carvão diretamente para energia renovável ao invés de se passar pelo gás natural como um combustível intermediário. As razões que sustentam a conclusão estão demonstradas nos estudos quantitativos realizados e passam pela queda dos custos das energias renováveis e do armazenamento de baterias, juntamente com a crescente volatilidade dos preços do gás. A análise também revelou que existem variações regionais consideráveis, embora todas as regiões tenham mostrado clara tendência deflacionária no custo da mudança do carvão para as renováveis limpas.

TransitionZero

Link de acesso:

https://www.transitionzero.org/blog/fuel-switching-coal-to-clean