Esse relatório analisa a contribuição dos combustíveis de baixo carbono para a transição energética no setor de energia elétrica. A descarbonização e a segurança elétrica requerem recursos flexíveis em uma escala muito maior do que existe atualmente. A possibilidade de queimar grandes quantidades de hidrogênio de baixo carbono e amônia em usinas termoelétricas de base fóssil fornece aos países uma ferramenta adicional para descarbonizar o setor de eletricidade, ao mesmo tempo em que mantém todos os serviços dos parques existentes. Destaca-se que a co-combustão de até 20% de amônia e mais de 90% do hidrogênio já ocorreu com sucesso em pequenas centrais elétricas, e que projetos de larga escala com taxas de co-combustão mais altas estão em desenvolvimento. Aponta-se ainda que o uso desses combustíveis no setor elétrico ajudará a estabelecer cadeias de abastecimento e reduzir os custos por meio de economias de escala e melhorias tecnológicas, complementando e reforçando o uso de combustíveis com baixo teor de carbono em setores onde as emissões são difíceis de abater, como o transporte de longa distância e a indústria.

IEA

Link de acesso:

https://iea.blob.core.windows.net/assets/9ac8f717-50ac-4a43-a9fe-c43e05b72a0b/Theroleoflow-carbonfuelsinthecleanenergytransitionsofthepowersector.pdf