O artigo apresenta uma discussão sobre a era digital e suas repercussões no setor de energia, evidenciando a maior inserção da tecnologia 5G nos próximos anos. Segundo os autores, essa modernização tecnológica está levando o processo de digitalização do setor a um estágio sem precedentes e proporcionando uma maior eficiência operacional e aumento da participação do consumidor no sistema. A tecnologia 5G é destacada como um divisor de águas para o setor elétrico em termos de qualidade e velocidade, permitindo taxas de transmissão de dados vinte vezes maiores do que o 4G. Os autores apresentam comparações entre a tecnologia 4G e 5G, explicitando as diferenças e melhorias trazidas pela nova tecnologia. Baseando-se nos aperfeiçoamentos que asseguram ganhos significativos de desempenho, os autores sustentam que as companhias poderão obter robustas bases de dados através dos sensores inteligentes e que as tecnologias emergentes viabilizadas pelo 5G reduzirão o consumo energético e as emissões em torno de 15% até 2030. Ao final, os autores citam projetos em curso na União Europeia em prol da transição digital e discutem dois desafios dessa nova realidade: a necessidade de transformação da infraestrutura e a segurança de dados.

CanalEnergiaLorrane Câmara; Caroline Chantre; Mateus Amâncio e Ricardo Medrado (pesquisadores do Gesel/UFRJ)

Link de acesso:

https://www.canalenergia.com.br/artigos/53199445/tecnologia-5g-e-a-digitalizacao-do-setor-eletrico