José Luiz Alquéres, ex-presidente da Eletrobras, tece sérias críticas à lei de privatização da Eletrobras. Ele cita a inclusão dos jabutis que deveriam ter sido vetados, mas que, devido à maneira como foi conduzido o processo, levou à sanção integral da lei. Alquéres também expõe a discrepância entre os valores que deverão ser pagos pelo consumidor final em função da inclusão desses jabutis e o possível valor de venda do controle da estatal, demonstrando o grande ônus que a lei deposita nas costas dos consumidores finais. Ainda nesse contexto, Alquéres pontua o esforço, a seu ver em vão, das empresas dos setores operacionais para redução de despesas visando tarifas mais competitivas que façam o país se beneficiar de suas vantagens territoriais, já que, frente ao avanço da lei, a tarefa se torna impossível. Por fim, destaca a inação frente a inclusão de projetos antieconômicos por parte da Câmara dos Deputados na lei de privatização da Eletrobras, mesmo havendo muitas alternativas mais baratas e ambientalmente amigáveis, e clama para que o TCU faça uma revisão da lei.

Diário de Petrópolis – José Luiz Alquéres (ex-presidente da Eletrobras)

Link de acesso:

https://www.diariodepetropolis.com.br/integra/jose-luiz-alqueres-210381