As questões apresentadas dizem respeito à análise das barreiras que limitam o armazenamento subterrâneo de hidrogênio em grande escala. São indicadas as perspectivas para o rápido desenvolvimento da economia do hidrogênio, o papel do hidrogênio em uma economia neutra em carbono e a produção, uso e demanda de hidrogênio hoje e na perspectiva de 2050. Os custos decrescentes de produção de hidrogênio “verde”, o aumento dos preços das licenças de emissão de CO2 e o desenvolvimento da tecnologia de captura e armazenamento de carbono terão um impacto significativo na rápida implantação do armazenamento subterrâneo de hidrogênio. O armazenamento subterrâneo de grandes quantidades de hidrogênio a partir da produção excedente de energia renovável é de interesse de instituições governamentais interessadas na construção de locais de armazenamento de hidrogênio, serviços geológicos, grandes produtores de eletricidade de fontes renováveis de energia e plantas químicas e petroquímicas. Oferece a possibilidade de armazenamento seguro e de longo prazo deste gás a custos relativamente baixos.

A perspectiva de rápida implementação da tecnologia de armazenamento subterrâneo de hidrogênio em escala industrial está associada à definição e superação de inúmeras barreiras e obstáculos que hoje se interpõem em seu caminho. Com base na literatura recente, eles são discutidos no presente artigo. As seguintes foram identificadas como barreiras significativas para a implementação do armazenamento subterrâneo de hidrogênio: restrições geológicas e de reservatórios, limitações técnicas e de segurança, barreiras legais, conflitos de interesse e aceitação social do armazenamento subterrâneo de hidrogênio. Os obstáculos mais importantes a este respeito foram identificados.

Renewable and Sustainable Energy Reviews, Vol. 162

Tarkowski e B. Uliasz-Misiak

Link de acesso:

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1364032122003574