O RECAI (Renewable Energy Country Attractiveness Index) é um índice bianual produzido desde 2003 pela EY para ranquear os 40 principais mercados do mundo quanto à atratividade de seus investimentos em energia renovável e oportunidades de implantação. Nos relatórios, junto ao índice principal, são dispostos os principais avanços das renováveis em diversos países. Nesta edição 59 do RECAI, analisa-se também a expansão das energias renováveis e dos combustíveis alternativos frente à busca do mundo pela segurança energética. Enfatiza-se que, em meio aos altos patamares dos preços do gás, os países estão visando a diversificação, o que ajudará a acelerar o mercado de energias renováveis. Destaca-se que a América Latina será um grande mercado de energia verde se conseguir superar barreiras como a incerteza política e os problemas de financiamento. Aborda-se, ainda, que a geração flutuante (turbinas e painéis solares), bem como o hidrogênio verde, podem desempenhar um papel cada vez maior na expansão das energias renováveis, sendo necessário investimento em pesquisa e inovação para reduzir os desafios de engenharia e os custos de produção. O documento traz ainda o Índice de Contrato de Compra de Energia (PPA, sigla em inglês), que classifica os países a partir de uma análise de seus mercados corporativos de PPA e o respectivo potencial de crescimento.

EY

Link de acesso:

https://assets.ey.com/content/dam/ey-sites/ey-com/en_gl/topics/power-and-utilities/ey-recai-59-edition-full-report-may-2022.pdf