O artigo faz uma avaliação dos primeiros 30 dias da implantação do PLD horário, através da análise de diversos atores e especialistas do setor, bem como apresenta as oportunidades e os desafios para o desenvolvimento da pauta de modernização do setor elétrico brasileiro. Segundo Débora Mota da Delta Energia, “a impressão é de que ainda é muito cedo para estabelecer uma avaliação mais profunda dessa nova forma de negociar energia no mercado à vista. Então, a análise é de que é necessário aguardar e verificar o comportamento dos preços até pelo menos meados de 2021.”

Link de acesso: https://canalenergia.com.br/especiais/53162120/pld-horario-o-primeiro-mes-de-um-novo-mercado