O artigo parte do debate acerca do método de precificação do gás natural para tecer críticas à atual regulação brasileira, onde o preço do gás está atrelado ao preço do petróleo (tipo brent, em dólar) e ao câmbio (para a conversão do real). O autor faz algumas comparações com mercados mundiais, que definem o preço com base nas leis de mercado do gás natural. Ele retrata como mercados com essa regulação reagiram mais rapidamente à baixa demanda resultante da pandemia da covid-19, com a queda de preços, impulsionando o retorno do consumo. Para o autor, a aprovação da Nova Lei do Gás e a implementação de medidas para acesso às infraestruturas são fundamentais para acelerar o desenvolvimento e a maturidade do setor.

Brasil Energia – Nadrianno Lorenzon (gerente de Gás Natural da ABRACE)

Link de acesso: https://editorabrasilenergia.com.br/perspectivas-para-o-preco-do-gas-natural-em-2021/