O artigo Nuclear fusion heat record a ‘huge step’ in quest for new energy source retrata o resultado marcante de um importante experimento no campo da fusão nuclear. Pesquisadores do Joint European Torus (JET) conseguiram estabelecer um novo recorde para a quantidade de energia liberada em uma reação de fusão sustentada, gerando 59 megajoules de calor – o equivalente a cerca de 14 kg de TNT – durante uma explosão de fusão de cinco segundos. Foram mais de duas décadas de testes para chegar ao resultado, que foi saudado como um marco importante no caminho para a fusão se tornar uma fonte de energia de baixo carbono viável e sustentável. O artigo ainda traz algumas informações sobre o Iter, um grande projeto de fusão que está sendo construído no sul da França, programado para queimar, em 2035, um combustível baseado em dois isótopos de hidrogênio conhecidos como deutério e trítio. Destaca-se que a perspectiva de energia de fusão é profundamente atraente porque não libera gases de efeito estufa e 1 kg de combustível de fusão contém cerca de 10 milhões de vezes mais energia que 1 kg de carvão, petróleo ou gás.

The Guardian – Ian Sample (colunista científico do The Guardian)

Link de acesso:

https://www.theguardian.com/environment/2022/feb/09/nuclear-fusion-heat-record-a-huge-step-in-quest-for-new-energy-source