Nesta entrevista, o fundador da Consultoria PSR e seu atual chefe de inovação comenta as repercussões da Guerra Rússia-Ucrânia e seus impactos no mercado de energia mundial e brasileiro. Veiga aborda a volatilidade dos preços do petróleo e do gás natural, a transição para energias renováveis e o papel dessas tecnologias considerando as sanções contra a Rússia. Ele analisa também as possíveis oportunidades para o Brasil no contexto do conflito e a questão dos preços dos combustíveis no Brasil. O fundador da PSR comenta ainda que o Brasil está em uma situação confortável com relação à segurança física de suprimento de petróleo e gás devido à produção local, mas que o dilema está no uso de preços internacionais para o mercado interno. Ele sustenta, por fim, que é necessário encontrar um equilíbrio entre manter a eficiência dos sinais de mercado e proteger os consumidores de um choque excessivo de preços e que o Brasil está em uma situação privilegiada na busca pela transição energética em meio à guerra.

ExameFabiane Stefano e Carla Aranha (colunistas da Exame)

Link de acesso:

https://exame.com/brasil/questao-energetica-brasil-situacao-privilegiada-diz-veiga/