O Programa de Energia Transparente é uma das iniciativas do Instituto Acende Brasil que monitora, de forma permanente, a operação e comercialização de energia elétrica no Brasil. O estudo é realizado anualmente, no final do período úmido (após julho de cada ano). Esta edição do estudo  engloba os principais eventos do ano operativo julho/2020 – junho/2021, apresentados de maneira linear: (a) o blecaute do Amapá, cujo desligamento de 95% da carga do estado durou 22 dias, evidenciando as fragilidades do atendimento de energia na região; (b) a repactuação do risco hidrológico, através da Lei 14.052/2020, homologada para destravar o impasse do GSF, problema que tem impactado o setor elétrico desde 2015; e (c) a regulação da contratação da expansão, firmada através da Lei 14.120/2021, que criou um novo mecanismo de contratação de energia por Reserva de Capacidade, o que possibilita a contratação mais precisa para o atendimento das necessidades do sistema. Além disso, o estudo engloba a crise hídrica, destacando as causas e as ações tomadas para contornar a situação.

Link de acesso:

https://acendebrasil.com.br/wp-content/uploads/2021/11/ppt_energiatransparente_edicao15_acendebrasil_rev_9.pdf