O artigo destaca a aprovação do PL do Gás na Câmara dos Deputados, no dia 17 de março, listando a opinião de uma série de atores da cadeia produtiva do setor de gás. O autor afirma que os setores mais beneficiados pelas mudanças na nova lei são o segmento de transporte, o setor industrial e o de geração térmica a gás. Assim, são dispostos pontos de vista da transportadora TAG, da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e do presidente da Associação Brasileira de Geradoras Térmicas (Abraget), Xisto Vieira Filho, em relação aos benefícios que a nova lei traz. Por fim, o autor dá destaque à necessidade de leis complementares e de regulamentações mais detalhadas, através das falas do presidente da Abraget e de Cid Tomanik, especialista em regulação do escritório Tomanik Martiniano.

Brasil Energia – Carlos Vasconcellos (Colunista Brasil Energia)

Link de acesso: 

https://editorabrasilenergia.com.br/lei-do-gas-fim-da-maratona-e-so-o-comeco/