Os CEOs e outros líderes empresariais geralmente conhecem os perigos físicos eminentes das mudanças climáticas. No entanto, a grande maioria deles têm pouca compreensão sobre o impacto específico que a mudança do clima pode ter em seus negócios – por exemplo, os riscos físicos para operações, infraestrutura ou para a cadeia de suprimentos de uma empresa. Tampouco parecem estar bem conscientes sobre os riscos de transição relacionados aos negócios, riscos trazidos pelas grandes mudanças sociais e econômicas de um mundo descarbonizado (como mudanças na demanda, o impacto nos preços da energia, requisitos de renovação de edifícios ou potenciais impactos competitivos nas cadeias logísticas).Nesse contexto, o artigo Time to get serious about the realities of climate risk busca oferecer uma contribuição destacando como algumas empresas estão usando uma melhor compreensão de seus riscos climáticos (físicos e de transição) para desenvolverem uma agenda climática mais robusta e eficaz que ajude a mitigar riscos, identificar oportunidades e oferecer insights sobre os desafios da sua própria descarbonização. Ao longo do texto, explora-se também como as ações e motivações dos diversos stakeholders estão pressionando as empresas a agir e são apresentadas as difíceis compensações que os CEOs devem pesar, incluindo aquelas que envolvem as implicações sociais e humanas das mudanças climáticas.

PwC – Emma Cox, Colm Kelly, Barry Murphy e Nicole Röttmer

Link de acesso:

https://www.pwc.com/gx/en/services/sustainability/publications/risks-and-opportunities-of-climate-change-on-business.html