As emissões globais de CO2 da combustão de energia e processos industriais atingiram um novo recorde anual. É o que revela o breve relatório CO2 Emissions in 2021, parte do tradicional Global Energy Review. Um aumento de 6% em relação a 2020 elevou as emissões para 36,3 Gt. Isso coloca 2021 acima de 2010 como o ano onde houve o maior aumento anual nas emissões de CO2 relacionadas à energia em termos absolutos. A recuperação em 2021 mais do que reverteu o declínio induzido pela pandemia nas emissões de 1,9 Gt experimentado em 2020, demonstrando que o mundo não atendeu aos apelos por uma recuperação sustentável. O carvão foi responsável por mais de 40% do crescimento geral das emissões globais de CO2, atingindo um recorde histórico de 15,3 Gt.  A média geral das economias avançadas esconde diferenças significativas: emissões per capita médias de 14 toneladas nos Estados Unidos, 6 toneladas na União Europeia e 3,2 toneladas no México.

Link de acesso:

https://www.iea.org/reports/global-energy-review-co2-emissions-in-2021-2