O artigo traz informações sobre a demanda global de carvão no ano de 2020, destacando os impactos da pandemia da covid-19 nos principais países consumidores. A publicação mostra que o consumo global de carvão caiu 4% em 2020, queda mais acentuada desde a Segunda Guerra Mundial. O dado mais preocupante, porém, é que esse declínio se concentrou nos primeiros meses do ano. Com efeito, no final de 2020, já se constatou um aumento do consumo suficiente para levar a demanda por carvão para um patamar superior aos níveis anteriores à Covid-19. Essa alta da demanda foi impulsionada pela Ásia, onde as economias estavam se recuperando rapidamente, e pelo clima particularmente frio de dezembro de 2020. O uso de carvão no quarto trimestre foi 3,5% superior ao do mesmo período de 2019, contribuindo para o aumento das emissões globais de CO2. A recuperação da demanda por carvão, a maior fonte de emissões globais de CO2, ressalta o desafio que se coloca ao setor de energia e à indústria no que se refere ao cumprimento das metas climáticas internacionais.

IEA – Carlos Fernández Alvarez (Analista de Energia Sênior)

Link de acesso: 

https://www.iea.org/commentaries/global-coal-demand-surpassed-pre-covid-levels-in-late-2020-underlining-the-world-s-emissions-challenge