O artigo avalia os preços do gás para as usinas do Programa Prioritário de Termeletricidade (PPT) e o preço para outras térmicas. O ano de 2021 está movimentando o setor de gás natural, com a promulgação da Nova Lei do Gás (Lei 14134/21) e do Decreto 10712/21, propiciando mais clareza em relação aos processos para construção e acesso a gasodutos de transporte e escoamento, plantas de processamento e terminais de GNL. A lei contém ainda provisões relativas à desverticalização da cadeia de valor do gás natural. Nesse contexto, a autora analisa o mercado spot de GNL e ressalta a interface do mercado de gás com o aumento da demanda prevista pela promulgação da Lei de Privatização da Eletrobras (Lei 14182/21), que prevê concessões de 8 GW de termelétricas a gás entre 2026-2030. No texto há também uma discussão sobrea hipótese de que, no Brasil, as térmicas estejam sendo parcialmente subsidiadas pelos outros segmentos do mercado e que os produtores privados estejam vendendo gás para outros produtores a preços da molécula inferiores aos preços que a Petrobras pratica para distribuidoras e consumidores livres.

 

Brasil Energia – Ieda Gomes (consultora e membro do conselho de administração de empresas internacionais de energia)

 

Link de acesso: 

https://editorabrasilenergia.com.br/geracao-termeletrica-precos-e-disponibilidade-de-moleculas/