O Renewable Energy and Jobs – Annual Review 2021, publicado desde 2012 pela IRENA, realiza uma atualização anual sobre a geração de empregos em energia renovável em todo o mundo. Nesse ano, a IRENA traz uma edição especial, feita em colaboração com a Organização Internacional do Trabalho, com objetivo de avaliar o cenário da crise da covid-19 e destacar perspectivas e oportunidades de emprego em energias renováveis nos cenários de transição energética até 2050. Aponta-se que as energias renováveis ​​trouxeram maiores benefícios do que a energia convencional durante a pandemia da covid-19, mas os impactos foram desiguais entre países. No estudo, o emprego mundial em energia renovável é estimado em 12 milhões de postos de trabalho em 2020, acima dos 11,5 milhões de 2019, sendo que a indústria solar fotovoltaica é responsável por um terço do total. Outra conclusão importante é que as mulheres representam um terço da força de trabalho global em energias renováveis, mas sua participação varia amplamente entre países e indústrias. No que se refere à pandemia do COVID-19, o documento aponta que ela teve um impacto negativo quando se examina a distribuição de empregos sob o prisma da equidade de gênero, e que ainda há muito a avançar no que se refere a esse tema, assim como no que diz respeito à oportunidades para jovens, minorias e outros grupos marginalizados. O relatório apresenta ainda um quadro de recomendações que envolve incentivos, políticas industriais e outras ações necessárias de proteção social.

IRENA e OIT

Link de acesso:

https://www.irena.org/-/media/Files/IRENA/Agency/Publication/2021/Oct/IRENA_RE_Jobs_2021.pdf