A revista Time recentemente elegeu Elon Musk a personalidade do ano de 2021. Esse artigo autoral desmistifica as grandes ideias de Elon Musk em torno do transporte, afirmando que são, na melhor das hipóteses, mal elaboradas ou, na pior, projetadas para atrasar a construção da infraestrutura de transporte que poderia puxar os EUA para o século XXI. Destaca-se que um dos grandes problemas é a visão conservadora de Musk, que na verdade, tem dificuldade para se afastar dos limites do automóvel. Por isso, todas as suas supostas soluções de avanço na mobilidade urbana envolvem veículos. O autor analisa e critica cada uma das propostas de Musk (SolarCity, Boring e Hyperloop), destacando quem realmente se beneficiaria e se elas seriam viáveis no mundo real. Em suma, para o autor, em um mundo cada vez mais urbanizado, o transporte público é essencial para deslocar um grande número de pessoas de forma rápida e eficiente. E o transporte individualizado não fornecerá o mesmo nível de eficiência porque não há espaço – sem falar dos recursos naturais para produção e uso.

Jacobin Brasil – Paris Marx

Link de acesso:

https://jacobin.com.br/2020/07/elon-musk-nao-e-o-futuro/