A precificação do carbono incentiva de maneira muito eficaz a mudança na produção e no consumo para opções de baixo e zero carbono. Os países estão usando essa ferramenta em todo o seu potencial? Este relatório mede o preço do CO2 – emissões do uso de energia em 44 países da OCDE e do G20, cobrindo cerca de 80% das emissões mundiais. A análise apresenta uma visão abrangente dos preços do carbono, incluindo impostos de consumo de combustível, impostos de carbono e preços de concessões de emissão comercializáveis. A “pontuação da precificação do carbono” mede o quão próximo os 44 países estão, tanto juntos quanto individualmente, da meta de fixar o preço de todas as fontes de carbono relacionadas à energia em valores de referência atuais e futuros para os custos do carbono. O relatório destaca a estrutura das taxas efetivas de carbono entre países e setores em 2018 e faz comparações com os anos de 2012 e 2015. Ele também apresenta uma perspectiva sobre as tendências no comércio de emissões na China e na União Europeia.

Link de acesso: https://www.oecd-ilibrary.org/taxation/effective-carbon-rates-2021_0e8e24f5-en