O artigo chama atenção para a necessidade de desenvolvimento de um projeto piloto no Brasil, com tecnologia própria, de captura de carbono em usinas termelétricas ou indústrias. Marcelo Furtado traz esse e outros pontos para a discussão e, para tanto, entrevista Victor Ribeiro, gerente de assuntos regulatórios da Thymos Energia. Ribeiro destaca inicialmente que os sistemas CCUS são grandes aliados das renováveis, pois garantem a contínua inserção das fontes intermitentes enquanto descarbonizam o parque gerador formado por usinas termelétricas a carvão e gás natural que trazem confiabilidade ao sistema. O entrevistado destaca, ainda, as experiências da China e dos Estados Unidos, que, segundo ele, são as duas economias mais empenhadas em alavancar as tecnologias de captura de carbono. Em relação ao Brasil, a reportagem aponta que o modelo do projeto-piloto poderia ser realizado no âmbito do programa de P&D da Aneel, ou por meio de recursos de fundos internacionais. No texto são também comentadas as três principais rotas tecnológicas dos sistemas CCUS e alguns casos de recuperação de CO2 para comercialização do gás no Brasil, com opinião de Fernando Mota, da Carbo Gás.

Brasil EnergiaMarcelo Furtado (colunista do Brasil Energia)

Link de acesso:

https://editorabrasilenergia.com.br/e-preciso-falar-sobre-captura-de-carbono/