O artigo Empowering people to act: How awareness and behaviour campaigns can enable citizens to save energy during and beyond today’s energy crisis discute como campanhas de conscientização e comportamento bem projetadas podem motivar as pessoas a reduzir seu uso de energia. Ele explicita como um foco global no lado da demanda da equação energética é importante, principalmente em contextos de crise, e apresenta estimativas sobre o potencial de economia de energia por meio de ajustes comportamentais em diversos países. Por exemplo, nos Estados Unidos, algumas estimativas sugerem que até 20% da demanda de energia doméstica poderia potencialmente ser poupada através de mudanças comportamentais no setor residencial. Uma estimativa para a Índia sugere um potencial de economia de energia por meio de ajustes comportamentais na faixa de 3,4 a 10,2 TWh por ano até 2030. Em meio a exemplos de campanhas já feitas em alguns países, enfatiza-se que a escolha da mensagem, o tom, a forma como a campanha é projetada e os canais de transmissão, podem afetar fundamentalmente o impacto resultante. O artigo também fornece dicas cruciais para o desenvolvimento das campanhas, desde como fazer e passar a mensagem, até a combinação de informações com insights comportamentais, e campanhas para um contexto de crise.

Link de acesso:

https://www.iea.org/commentaries/empowering-people-to-act-how-awareness-and-behaviour-campaigns-can-enable-citizens-to-save-energy-during-and-beyond-today-s-energy-crisis