A Nota Técnica traz os aspectos conceituais e fundamentais para a construção da estratégia brasileira de hidrogênio. Assim, apresenta um panorama da indústria do hidrogênio, expondo os desafios para o seu desenvolvimento, as rotas tecnológicas de produção, os custos e aspectos competitivos, além de apontar as principais implicações para as políticas públicas. Segundo o trabalho é necessário consolidar uma estratégia nacional e formalizar um plano de ação. As considerações destacam que o Brasil deve abraçar as oportunidades de desenvolvimento das diversas tecnologias de produção e uso do hidrogênio, inclusive o hidrogênio “verde”, que pode ser bastante competitivo.  Tirando proveito da diversidade de recursos energéticos do país é que se viabiliza uma trajetória de descarbonização profunda dos sistemas energéticos.

EPE

Link de acesso: https://www.epe.gov.br/sites-pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/PublicacoesArquivos/publicacao-569/Hidroge%CC%82nio_23Fev2021NT%20(2).pdf