A Thymos Energia apresenta sua visão sobre a construção do contexto regulatório e comercial para o surgimento da figura do Distribution System Operator (DSO) no mercado brasileiro, que pode fomentar um setor elétrico dinâmico e que agregue novas tecnologias. O atual modelo tradicional e unidirecional de prestação dos serviços de distribuição (Distribution Network Operator – DNO) está sendo transformado pela integração das energias renováveis e a descentralização energética. A discussão mais avançada em termos de desenho de mercado considera o surgimento dos Operadores de Sistema de Distribuição (DSO), que seriam os gestores operacionais (e às vezes proprietários) de redes de distribuição de energia. Destaca-se que para que as Distribuidoras possuam modelos de negócios sustentáveis ancorados na lógica DSO, num ambiente de Recursos Energéticos Distribuídos (REDs) e um mercado livre de larga escala, é necessário direcionar 11 aspectos-chave: abertura de mercado; medição; agregador de carga; tarifas binômias; comunicação peer to peer; endereçar contratos legados; separar as atividades de distribuição e comercialização; regular a prestação de serviços dos REDs; revisar a regulamentação da GD; e, estruturar a participação do DSO no mercado atacadista.

Thymos Energia – João Carlos Mello; Alexandre Viana e Victor Ribeiro

Link de acesso:

https://thymosenergia.com.br/wp-content/uploads/2021/11/20211124_thymos_energia_dso_white_paper.pdf