Em meio ao cenário de agravamento da crise hídrica, João Carlos Mello, presidente da Thymos Energia, chama atenção para a nova realidade hidrológica brasileira. Ele afirma que, apesar de serem positivas as medidas emergenciais adotadas pelo MME, deve ser dada atenção ao fato de que desde 2014 o Brasil enfrenta hidrologia relativamente baixa, com armazenamento inferior a 60%. Junta-se a isso o fato de que, possivelmente, haverá um aumento da demanda dada a possível retomada econômica no pós-pandemia. Mello afirma também que é preciso pensar em soluções não só para mitigar a crise hídrica de 2021, mas também os problemas de longo prazo. Nesse sentido, o autor destaca a importância da diversificação da matriz elétrica brasileira e o avanço das fontes renováveis, que garantem maior oferta de eletricidade mesmo com escassez de chuva, mas ressalta seu condicionamento à natureza. Por fim, ele chama atenção para a grande oferta de gás natural do país, afirmando ser uma das soluções para garantir a segurança energética. 

Thymos Energia – João Carlos Mello (presidente da Thymos Energia)

Link de acesso: 

https://thymosenergia.com.br/a-nova-realidade-hidrologica/