Nesta primeira edição, a EPE disponibilizou um E-book com as séries históricas de investimento, de forma consolidada e por segmento; uma nota técnica contendo as referências, premissas e metodologias utilizadas, por segmento; e uma planilha com abertura dos dados anuais de investimento. O trabalho considera os segmentos de distribuição; mini e microgeração distribuída; pesquisa, desenvolvimento & inovação; eficiência energética; transmissão; e geração de energia centralizada. 

Destaca-se que no período foram investidos mais de R$740 bilhões em energia elétrica no Brasil. Anualmente os valores chegaram a superar R$65 bilhões na maioria dos anos analisados. Praticamente metade dos investimentos totais foram feitos no segmento de geração centralizada. Foram investidos mais de R$ 186 bilhões em distribuição de energia elétrica. Os investimentos anuais em Mini e Microgeração distribuída (MMGD) tem mais que dobrado nos últimos anos, com a fonte fotovoltaica tendo amplo predomínio nos investimentos desse segmento. Em transmissão de Energia Elétrica, foram mais de R$ 160 bilhões investidos. O investimento médio anual em eficiência energética foi de quase R$700 milhões, com um total acumulado de mais de R$8,5 bilhões. Para Pesquisa & Desenvolvimento, o investimento médio anual foi da ordem de R$740 milhões, somando mais de R$8 bilhões de investimentos no segmento. Em geração centralizada foram mais de R$ 350 bilhões em investimentos, com quase 90% voltado para fontes renováveis. A parcela mais significativa dos investimentos em projetos de geração de energia é referente à fonte hidrelétrica. A partir do ano de 2013, os investimentos feitos em projetos da fonte eólica passaram a ter relevância semelhante, se tornando o maior montante entre as partes a partir do ano de 2018.  

Empresa de Pesquisa Energética (EPE)

Link de acesso:

https://www.epe.gov.br/pt/publicacoes-dados-abertos/publicacoes/historico-de-investimentos-em-energia-eletrica-2010-2020

 

Artigos relacionados

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/plano-decenal-de-expansao-de-energia/