Energy Efficiency 2022 é a aguardada atualização anual da IEA sobre os desenvolvimentos globais em mercados e políticas de eficiência energética. Ele explora tendências recentes em intensidade energética, demanda e investimento relacionado à eficiência, inovação, política e tecnologia, ao mesmo tempo em que discute as principais questões enfrentadas pelos formuladores de políticas.

As ações de eficiência energética aceleraram globalmente em 2022, à medida que governos e consumidores se voltam cada vez mais para medidas de eficiência como parte de suas respostas a interrupções no fornecimento de combustível e preços recordes de energia. Espera-se que ao final do ano de 2022, a intensidade energética global diminua em cerca de 2% em relação a 2021, uma taxa de melhoria quase quatro vezes maior que nos últimos dois anos e quase o dobro da taxa dos últimos cinco anos. Entretanto, esse número não pode ser visto inteiramente como avanço, visto que perante à crise energética, as empresas estão sob pressão para fechar ou reduzir as operações e muitas pessoas em todo o mundo estão lutando para atender às necessidades básicas de energia, em um cenário em que mais 160 milhões de famílias foram empurradas para a pobreza energética desde 2019. Assim, o relatório abre um questionamento: ainda são necessários 4% de melhorias anuais de intensidade ao longo desta década para alinhar com o Cenário Net Zero, mas, após vários anos de lento progresso, será este um ano de virada para a eficiência energética?

Destaca-se que, desde 2020, os governos em todo o mundo ajudaram a mobilizar cerca de US$ 1 trilhão para ações relacionadas à eficiência energética, como reformas de edifícios, projetos de infraestrutura e transporte público e suporte a veículos elétricos. Foram US$ 270 bilhões de gastos públicos diretos dos governos, que devem mobilizar mais US$ 740 bilhões de gastos privados e outros gastos públicos. Somente em 2022, foram investidos US$ 560 bilhões, um aumento de 16% em relação a 2021.  Estima-se ainda que, graças às ações de eficiência energética tomadas desde 2000, o valor total das contas de energia dos países da IEA é US$ 680 bilhões menor – ou cerca de 15% de suas despesas totais de energia deste ano. 

International Energy Agency (IEA)

Link de acesso:

https://iea.blob.core.windows.net/assets/7741739e-8e7f-4afa-a77f-49dadd51cb52/EnergyEfficiency2022.pdf

 

Artigos relacionados

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/world-energy-outlook-2022/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/desafios-e-perspectivas-para-a-eficiencia-energetica-no-brasil/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/eficiencia-energetica-2021/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/atlas-da-eficiencia-energetica-brasil-2021/