O Path to net-zero: Lack of emission-reporting standard clouds oil, gas investment aborda as metas net-zero das empresas de óleo e gás em meio à pressão de investidores para um novo relatório padrão de emissões. Aproximadamente US$ 20 trilhões em fundos anunciaram uma estratégia de desinvestimento em ativos ligados a combustíveis fósseis e uma quantia substancial desses recursos pode ser transferida para fundos com foco em ESG. No entanto, a ausência de padronização dificulta a avaliação do efeito final dos esforços individuais. Atualmente não existe uma metodologia de relatório obrigatória e uniforme, e com isso as empresas aplicam abordagens diferentes em seus relatórios de sustentabilidade. Padronizando os relatórios será possível que investidores comparem mais diretamente os programas de redução de emissões nas empresas de petróleo e gás. A SEC dos EUA está analisando comentários públicos sobre sua proposta de regra para relatórios de emissões por empresas de capital aberto. O relato das emissões do Escopo 3 provou ser uma linha divisória entre os produtores europeus de petróleo e gás e seus equivalentes americanos – as autoridades europeias, exigem relatórios do Escopo 3 dos produtores. De modo geral, a situação atual sobre as emissões do setor, mostrada por uma pesquisa de novembro da S&P Global Commodity Insights das 30 maiores empresas de petróleo e gás na Europa e na América do Norte, é de pouca mudança nas metas de emissões líquidas zero do setor desde o início de 2022. Em novembro, dois terços das maiores empresas de petróleo e gás do mundo tinham metas de emissões líquidas zero, com 10 de 30 relatando nenhuma meta de zero líquido.  

Link de acesso:

https://www.spglobal.com/marketintelligence/en/news-insights/latest-news-headlines/path-to-net-zero-lack-of-emission-reporting-standard-clouds-oil-gas-investment-72752696

 

Artigos relacionados:

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/a-queima-das-reservas-mundiais-de-combustiveis-fosseis-pode-emitir-35-trilhoes-de-toneladas-de-gases-de-efeito-estufa/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/rastreando-o-progresso-da-energia-limpa-2/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/a-expansao-da-infraestrutura-de-gas-natural-coloca-em-risco-as-transicoes-energeticas-2/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/world-energy-outlook-2022/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/mercados-em-desenvolvimento-ainda-estao-alimentando-a-demanda-por-petroleo/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/o-mundo-esta-em-chamas-e-a-industria-do-petroleo-acaba-de-registrar-lucros-recordes-somos-nos-ou-eles/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/investimento-mundial-em-energia-2022/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/novos-aumentos-do-petroleo-a-vista/