Este excelente artigo discute a nova lei aprovada nos Estados Unidos, The Inflation Reduction Act (IRA), que, segundo os autores, deve estimular fortemente o investimento privado em energia limpa e em toda a cadeia de produção, mudando a trajetória das emissões de gases do efeito estufa do país e posicionando-o como um líder global no combate às mudanças climáticas. Os autores mostram de início que, ao definir de forma clara uma ampla gama de incentivos, a lei cria segurança para investimentos em descarbonização nos próximos 10 anos, capacitando as empresas a investir em novas tecnologias, equipamentos e infraestrutura com mais confiança. Com efeito, o IRA introduz US$ 433 bilhões em incentivos que serão financiados, em sua maior parte, por um imposto corporativo mínimo de 15%. Cerca de US$ 369 bilhões desses incentivos destinam-se a lidar com a mudança climática ou garantir a segurança energética. Quando combinados com os incentivos relacionados ao clima na Lei de Investimentos e Empregos em Infraestrutura de 2021 e a mais recente Lei CHIPS e Ciência destinada a reforçar a capacidade de fabricação de chips semicondutores americanos, os incentivos federais dos EUA em energia limpa, manufatura e infraestrutura quase triplicarão na próxima década. Juntas, essas medidas colocam o país no caminho para entregar até dois terços do trabalho necessário para atingir suas metas climáticas para 2030. Os autores ainda mostram de forma concreta como esses incentivos podem atingir as finalidades propostas, como, por exemplo, a redução de custos de produção que poderá tornar a indústria de painéis solares norte-americana mais competitiva que aa chinesa e a redução ddo custo de produção do hidrogênio verde e azul. O texto, por fim, comenta algumas questões importantes que ainda permanecem sem solução na nova lei, como os desafios de localização e licenciamento para o desenvolvimento de uma infraestrutura energética não fóssil no país, a obtenção de materiais e componentes necessários para a descarbonização, o desenvolvimento de uma economia circular e a administração dos incentivos no ritmo necessário para atingir as metas estabelecidas.  

Bain & Company – Aaron Denman, Cate Hight, and Michael Short

Link de acesso:

https://www.bain.com/insights/decarbonization-game-changer/

Artigos relacionados:

 https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/governos-adotam-cada-vez-mais-esquemas-de-incentivo-para-estimular-a-descarbonizacao-da-industria-de-petroleo-e-gas/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/reframing-incentives-for-climate-policy-action/

https://panorama.memoriadaeletricidade.com.br/dez-principios-para-a-elaboracao-de-politicas-na-transicao-energetica-licoes-da-experiencia/